OPERAÇÕES

TRANSFORMAÇÃO DE ESPAÇOS DEGRADADOS EM ESPAÇOS PÚBLICOS VERDES

Como resultado da integração da Comunidade do Vidigal com experts de diversas origens, o Sitiê transformou um depósito de lixo 16 toneladas num espaço público verde de 8,500m2, que hoje representa 58% do espaço público do Vidigal e continua a ser liderado pelo comunidade. Esse trabalho essencial de transformação continua à medida que expandimos a área do Parque.

AGRICULTURA URBANA E REFLORESTAMENTO

Reconhecida como a primeira agrofloresta do Rio de Janeiro em 2012, o programa de agricultura e reflorestamento urbano do Sitiê é uma parte fundamental de suas atividades diárias. Mais de 50 espécies de plantas e árvores locais foram reintroduzidas e cultivadas, restaurando o ecossistema da Mata Atlântica e criando espaços sadios para atividades culturais, de cidadania e lazer. No último ano, nossa iniciativa de agricultura urbana produziu mais de 700 kg de frutas e legumes que foram doados para os moradores e organizações locais e tem sido uma ferramenta poderosa para fortalecer o capital social da comunidade.

DESIGN DE TERRENO E PAISAGISMO

Tanto por função como por beleza, os projetos de design de terreno e paisagismo são parte essencial de nossa missão. A flora tropical do Sitiê está estrategicamente integrada com estruturas multifuncionais de resiliência que protegem o terreno íngreme do parque da erosão e de deslizamentos de terra enquanto criam um lindo espaço público.

Veja o catálogo da flora do Sitiê AQUI.

MANUTENÇÃO

As atividades diárias de manutenção são essenciais e estratégicas para manter o Sitiê limpo, seguro e belo. O cuidado demonstrado pela nossa equipe é passado para os usuários do Parque, criando um profundo senso de apropriação e incentivando uma progressão cultural em prol de mais engajamento cidadão em relação ao espaço público.

Este post também está disponível em: Inglês